Movam-se! Mulher gosta é de homem espontâneo!

Qual é a mulher que não gosta de ser cuidada e protegida? Com raras exceções, eu acho que todas. Mas é importante falar que este cuidado e proteção devem ser espontâneos, Tem coisa melhor do que ser surpreendido com coisa boa, se for carinho e cuidado então, nem fale. Se sentir importante para alguém não é só falar: Você é importante pra mim! Não, é demonstrar nos gestos que você escolhe ela, escolhe fazer por ela ou para ela, mesmo quando você estiver querendo algo muito pra você, você escolher dar a ela. Quando você queria ouvir algo de alguém, mas ainda assim resolve falar antes de ouvir. Quando você queria receber e mesmo assim você oferece, antes de te oferecerem. Não porque você não se ame, mas porque você fazendo o outro feliz, se sentirá igualmente feliz e realizado. E esse é um jogo mútuo, de trocas, os dois devem fazem o mesmo um pelo outro. Duvido, que assim sendo, alguém ousará se sinta infeliz ou não realizado. Nós mulheres modernas, que fazem tudo ao mesmo tempo agora, normalmente não precisamos tanto da ajuda dos homens Mas adoramos este cuidado, porque se torna cada dia tão raro. E gostamos mais ainda quando esse cuidado vem espontaneamente. Porque se tiver que perder tempo pra pedir, se expor e se tornar a chata, é melhor eu mesma fazer. Eu faço logo e não causo problema algum. A não ser me sobrecarregar e se tornar cada dia mais "chata", por assumir os papeis de tantas "pessoas". Não deixem as suas mulheres sobrecarregadas. Ofereça ajuda física e mental o tempo todo. Você vai vê quanto melhor ela vai ser e se tornar. A culpa dela estar reclamando pode ser essa, ela está te pedindo socorro, atenção, carinho e cuidado. E não presentes, dinheiro, contas pagas e um cartão de crédito disponível. 
Ah! Para cuidar e proteger é preciso firmeza carinho, para orientar é preciso dar exemplo de conduta e ter caráter e sabedoria para mostrar o melhor caminho a ser seguido, juntos!

OBS.: Peguei a fala da colega Luana Aso sobre esta imagem no whastsap, fala esta que achei fascinante e juntei com algumas coisas que penso para este textinho aí.

Comentários