Autoajude-se

Eu venho há tempos sendo bombardiada por informações em todas as midias, músicas, tv ou cinema sobre o fenomeno "Autoajuda", algumas vezes de forma positiva, outras de forma pejorativa. O que eu consigo entender é que a autoajuda não é só uma palavra nova e sim um fenomeno de autoreflexao sobre seus possíveis erros e como acertá-los. Nada melhor do que aprender com o erro dos outros, antes de errar ou se está errando poder dividir suas angústias e pensamentos afim de se chegar a uma solução em conjunto. Temos sofrido cada vez mais com as consequencias de uma vida agitada, que muitas vezes nos faz esquecer onde estamos, o que fazemos e para onde vamos num sentido mais amplo. Ou seja, vivemos no automático, onde nossa forma mais eficaz de relacionamento é por meio das midias sociais e whatssap. Somos melhores lá, do que no face to face, na vida real. Pirque parece que esta cada vez mais dificil ser gente, ser real e quando não nos aparece outra saida fugimos desse mundo real para qualquer ideal imaginário. Por isso, devemos muito a nossa autocritica e, cobsequentemente, quando buscamos ajuda percebemos que só quem pode nos ajudar é a gente mesmo. Já vi muita gente torcendo o nariz, que hoje não vive sem terapia. E isso é sinal de inteligencia emocional, se você não está conseguindo sozinho procure ajuda, mas saiba que o maior recurso será você mesmo e sua capacidade de aprendizado e de se reinventar, de se autoavaliar e não sua capacidade de fugir do problema e achar que está tudo vem. Temos sofrido com crises crônicas de ansiedade, depressão e outras doenças como hiperatividade, déficit de atenção e bipolaridade. Estamos convivendo com isso com certa normalidade, mas podemos evoluir. Principalmente quando não menosprezamos estas doenças e seus impactos na vida moderna. Precisamos valorizar o fenomeno autoajuda, que não é só sobre leituras e sim sobre ajuda profissional e em um simples gesto de se autoavaliar e evoluir seus problemas para grandes conquistas pessoais, ou seja, usar o problema como grande catalizador de mudanças positivas em nossas vidas!

Comentários

  1. Tá faltando a minha parte nessa autoajuda. Difícil pra mim.

    : (

    Beijo!

    ResponderExcluir

Postar um comentário